quarta-feira, 27 de agosto de 2014

News - Vanessa Hudgens para Flaunt Magazine

A Vanessa Hudgens tá toda trabalhada na sedução nas fotos que fez para a Flaunt Magazine.
Os cliques, feitos à luz do dia, foram feitos por Stevie and Mada e mostram a atriz com looks super provocantes e cabelos com fios bem claros.




 



Gata!

terça-feira, 26 de agosto de 2014

News - Jessie J feat. Ariana Grande & Nicki Minaj em "Bang Bang"

Já que falei de VMA no post anterior, preciso falar sobre o novo clipe da Jessie J, com participações super especiais da Ariana Grande e da Nicki Minaj, que teve seu lançamento mundial na noite da premiação. O vídeo de "Bang Bang" é sexy, divertido, colorido e faz a gente ter vontade de sair batendo cabelo por aí. Além do clipe incrível, a música é viciante!


Mas vamos deixar de enrolação e curtir o clipe?


Pra animar qualquer balada! \o/

Red Carpet - VMA 2014

Na noite de domingo (24) rolou o MTV Video Music Awards, que teve apresentações incríveis (amo/sou "Anaconda"), Miley Cyrus com o discurso de agradecimento mais emocionante de todos, Nicki Minaj segurando o vestido rasgado, homenagem linda ao Robin Williams e...


muitas famosas desfilando pelo tapete vermelho!

Jordin Sparks foi com um look branco minimalista chiquérrimo. O decotão trouxe sensualidade ao look, que foi complementado por batom vinho e cabelo super liso.
Victoria Justice foi com um look bicolor meio perigoso por causa da saia de franjas, mas acho que o resultado final ficou bem bonito, pois ela equilibrou o excesso de informação da saia com complementos um pouco mais neutros. Também amei a clutch neon! ♥
Arrasaram!

Adam Levine e Behati Prinsloo com certeza foram o casal mais lindo/estiloso/sexy que passou pelo tapete vermelho. O recalque bateu forte por aqui! hahaha
Lucy Hale apostou em um top de couro, que ela equilibrou com uma saia godê bem feminina. Os acessórios delicados ajudaram a dar o contraponto da produção.
Arrasaram!

Becky G foi de top cropped e saia longa com tachas e transparência. Achei sexy, lindo e ousado, mas não combinou com a carinha de criança dela. Creepy!
Exótica!
Ariana Grande também tem uma carinha de nova, mas a make ajudou a trazer um visual mais adulto que combinou com o look totalmente sexy que ela usou.
Arrasou!

Beyoncé estava com um look bem "mais do mesmo": cabelo igual, make igual, vestido igual, mas não posso dizer que tava feia, né? Bonito, porém sem novidades.
Solange Knowles apostou em um visual alfaiataria com direito a muito brilho e feminilidade.
A sandália de tiras finas trouxe delicadeza à produção dela, que manteve o cabelão solto pra humilhar quem não sabe o que é volume nos fios, rs. Divou!
Arrasaram!

Julianne Hough foi com um vestidão azul marinho cheio de recortes estratégicos. Eu adorei o modelo, o cabelo e a make, mas achei que o look merecia uns acessórios baphônicos.
Arrasou?
Kylie Jenner apostou no pretinho sexy e acertou em cheio! O decote e a fenda trouxeram sensualidade à produção, assim como a sandália com tiras no peito do pé.
Arrasou!

Miley Cyrus também foi de preto, mas apostou no conjuntinho cropped, que foi complementado por uma sandália metalizada.
Kendall Jenner combinou a calça de alfaiataria preta com um top tipo segunda pele. Os acessórios metalizados e o cabelo mega liso trouxe elegância à produção.
Arrasaram!

Nina Dobrev foi com um vestido bicolor todo drapeado, com um cinto belíssimo marcando a cintura (óbvio, né? rs). Para complementar, ela optou por uma sandália de tiras e clutch coloridinha. Os cabelos foram presos e a make destacou o bocão vermelho.
Jessie J usou um modelo que quase todo mundo detestou, mas eu curti! Achei bem leve, bonito e alegre. Tá certo que é diferente do que ela costuma usar, mas ficou tão lindo!
Arrasaram!


Kesha quebrou a overdose de cores do cabelo com um vestido nude super bonito, com pedrarias em todo o comprimento. Achei simples e bem lindo!
Kelly Rowland, que está linda gravidinha, também foi de vestido claro, com uma modelagem que valorizou o barrigão. Amei o penteado com tiarinha de trança, que ficou super romântico.
Arrasaram!


Iggy Azalea foi com um vestido super justinho com detalhes metalizados que valorizou o corpão dela. O cabelo penteadinho pra trás deu um ar ainda mais futurista à produção.
Arrasou!
Jennifer Lopez também apostou no metalizado, mas usou brilho da cabeça aos pés, com muitos recortes, fenda, decote e... meldels, quanta informação!
Exótica!

Amber Rose é linda, maravilhosa, gostosa, etc, etc, etc, mas acho que dessa vez passou dos limites, rs. E não é nem pela quase falta de vestimenta, é porque ficou feio mesmo.
Exótica!
Katherine McNamara usou um look meio óbvio, apesar de bem lindo, mas esse cabelo incrível salva qualquer produção mais ou menos. Que ruivo é esse, Brasil?
Arrasou!

Nicki Minaj mostrou uma Anaconda discreta no tapete vermelho, com um vestido bem básico (pros padrões dela, né, gente?). Mesmo assim, eu curti.
Charlie XCX estava toda selvagem com esse macacão amarelo estampadinho. Eu amei o detalhe transparente na lateral da sandália e a clutch estrelada.
Arrasaram!


Kim Kardashian costuma usar roupas que eu não curto, mas eu até que gostei dessa produção. O vestido com estampa geométrica ficou bem lindo com essa sandália toda cheia de recortes.
Kathryn Prescott optou por um look retrô/romântico, com saia rodada estampadinha complementada por top e scarpin pretos e clutch caramelo. O cabelo curtinho reforçou o estilo menininha da produção, que ficou mega fofa.
Arrasaram!

Cher Lloyd estava deslumbrante com seu vestidinho de couro vermelho e seus scarpins pretos. Na make, ela optou por olhos esfumados e boca nude; o cabelo estava repleto de ondas, o que complementou perfeitamente o visual sexy.
Arrasou!
Rita Ora também apostou no vermelho e arrasou no carão, no cabelo e na make, mas esse vestido estilo lençol de motel não rolou. :(
Exótica!

Jamie Chung foi com um vestido vinho todo bordado super bonito, que ela complementou com uma delicada sandália nude. Os cabelos foram presos em um rabo de cavalo baixo e make destacou os lábios bem rosados.
Demi Lovato também foi de vermelho e estava poderosíssima com esse vestido decotado com fenda lateral. Para complementar, ela optou por uma sandália dourada e clutch vermelha.
Na make, ela optou por destacar o bocão vermelho; e no cabelo, um penteado todo para o lado, destacando o sidecut.
Arrasaram!

Chloe Moretz é linda, fofa e super carismática, mas esse look tá tão equivocado que não vale nem a pena comentar com detalhes.
Exótica!
Gwen Stefani é uma criatura demoníaca que veio à terra só pra humilhar as meras mortais porque como pode tanta perfeição numa pessoa só? Linda dos pés à cabeça!
Arrasou!

Taylor Swift bem que tentou chegar chegando, mas esse macaquinho folgado realmente não rolou. Mirou na sensualidade, mas acertou na esquisitice.
Sarah Hyland me fez sentir um pouco de medo e acho que essa não é a intenção quando alguém se arruma pra um tapete vermelho, né?
Exóticas!

Katy Perry zerou a vida ao fazer uma releitura do clássico look jeans que Britney Spears e Justin Timberlake usaram no AMA de 2001. O melhor de tudo é a história por trás da escolha de Katy para a ocasião! Morri mil vezes! hahahah
Arrasou!

E aí, o que acharam dos looks? Quais vocês mais curtiram?

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Vida Real - Eu Assisti "Malévola"

Finalmente assisti "Malévola" e estou tão empolgada com o filme que decidi fazer um post cheio de fotos, gifs e talvez alguns spoilers (então se você não assistiu e não quer saber o que acontece, melhor pular pro próximo post, rs).
O filme, dirigido por Robert Stromberg, recria a história da Bela Adormecida, mas a protagonista dessa versão é a vilã Malévola, vivida pela maravilhosa Angelina Jolie.


O elenco foi super bem escolhido, com destaque para a lindinha Isobelle Molloy, que interpretou a Malévola criança e deu um show de atuação (e de fofura também *o*).


Nessa versão da história, Malévola é uma fada do bem que vive num lugar lindo e repleto de seres mágicos. Ela então conhece Stefan, um garoto ambicioso que mora no reino ao lado e se torna seu grande amigo e seu primeiro amor.


Ele acaba se afastando dela por ter outras prioridades na vida (tipo tentar ser rei) e ela cresce ainda mais poderosa, tornando-se a protetora do reino dos Moors. 
 

Acontece que a ambição de Stefan faz com que ele a engane para poder cortar suas asas e fazer média com o atual rei, tendo assim a possibilidade de suceder ao trono.
Essa cena é super forte e impactante, como deveria ser, já que se trata de uma metáfora para um estupro (ele dopa Malévola e viola o seu corpo, deixando-a sozinha e arrasada).


A tristeza e a dor se transformam em amargura e o reino dos Moors sofre as consequências disso, tornando-se um lugar sombrio. Malévola passa a vigiar o reino de Stefan através de Diaval, seu corvo inseparável (que também é um moço super gato, rs).



Então, no dia do batizado da filha do rei, Aurora, as três fadas do reino dos Moors - que são a parte engraçadinha do filme - aparecem por lá com presentes super fofos e do bem, até que Malévola surge e resolve presentear a princesinha a seu modo.


Aí vem a parte que todo mundo conhece: ela amaldiçoa Aurora para que, aos 16 anos, ela fure o dedo em uma roca de fiar e caia em sono profundo, e a única maneira de acordá-la é com um beijo de amor verdadeiro (ela não acredita que tal amor exista).


Então Aurora cresce longe do reino, porém com Malévola sempre por perto, observando cada passo da pequena princesa, que seria devolvida a seu reino após os 16 anos.
Nessa parte é que começa a beleza desse filme: a doçura de Aurora (que nessa fase pequerrucha é interpretada pela filha da Angelina) vai amolecendo o coração de Malévola.


As duas tornam-se grandes amigas, o que faz com que Malévola sinta um profundo remorso por ter jogado a maldição contra a menina. Acontece que é tarde demais para se arrepender, o que nos faz refletir sobre o quanto a vingança é um sentimento que pode dominar uma pessoa e trazer sofrimento mais pra ela mesma do que para as pessoas para quem ela fez mal.


É um filme que vale a pena por vários motivos: o roteiro, as atuações, o figurino, a trilha sonora, a fotografia, os efeitos especiais... enfim, é uma produção impecável!
Foi maravilhoso ver esse clássico ser revisitado de uma maneira tão diferente e com uma mensagem tão bonita que destaca a sororidade - palavra que não tem significado no dicionário e que aprendi dentro do movimento feminista - que é a quebra da "disputa" entre mulheres e o sentimento de união entre as mesmas, pois juntas nós temos o poder!


Conto de fadas "girl power" ♥

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

News - Coleção "The Front Ladies" by Madame Sher

Sou apaixonada pelo trabalho da Madame Sher há muitos anos e sempre fico impressionada com a qualidade do trabalho dela, que tem uma riqueza de detalhes incrível. Por isso, fiquei super empolgada ao saber que ela acaba de lançar mais uma coleção!
Intitulada "The Front Ladies", a coleção homenageia "mulheres à frente de seu tempo, que construíram uma nova sociedade, mais sensível e humana. Mulheres que conseguiram alcançar a liberdade sem se desfazer, necessariamente, de suas amarras, porque, ao contrário, as transformaram em algo belo, que pode ser representado poeticamente pelo uso do corset".
Decidi colar as descrições originais das peças porque achei tão lindo e poético que fiquei com medo de escrever com minhas próprias palavras e estragar tudo, rs.

Amelia

"Com corte alfaiataria, revivendo um pouco o estilo aviador retrô da década 1930, essa peça traduz bem a personalidade de Amelia Mary Earhart. Feito em gabardine fosco e viés destacado em lilás acinzentado, damos importância novamente a sobreposição de painéis deixando busk e ilhoses flutuantes, em uma base destacada por uma anquinha pespontada. Amelia foi autora de artigos, colunas de jornais e de dois livros e defensora dos direitos das mulheres, condecorada por ter sido a primeira mulher a voar sozinha sobre o oceano Atlântico. Ativa em campanhas de moda feminina, a "Rainha dos Ares" por anos costurou suas próprias roupas."


Anita

"Este modelo apresenta uma proposta mais warrior, em homenagem a Anita Garibaldi, nossa "heroína dos dois mundos", como é popularmente conhecida. Foi companheira do revolucionário Giuseppe Garibaldi. Anita é exemplo de dedicação e coragem, lutou pela independência gaúcha na Revolução Farroupilha e é considerada até hoje uma das mulheres mais fortes e corajosas de sua época. Este corset é feito em jaquard com padronagem de chave grega, sobreposição de painéis sobre busk e ilhóses flutuantes. Embora moderno, priorizou-se a sobriedade do modelo, destacando os painéis com cetim preto, na mesma cor do corset."


AnneHelene

"Para noivas arrojadas e modernas, este modelo tem design geométrico com acabamento arredondado nos degraus formados pelos painéis, elegantemente desalinhados e texturizados, com aplicação de canaletas no mesmo tecido. Neste corset prestamos homenagem à Helene Faasen e Anne-Marie Thus, que quebraram as regras de uma sociedade, consolidando o primeiro casamento homoafetivo entre mulheres do mundo, em 2001, na Holanda. Essas lindas e corajosas mulheres permanecem casadas até hoje. A assepsia do modelo em branco óptico é contrastada com o romantismo de uma saia de renda branca sobreposta em seda off-white."


Émilie

"Em um modelo com exuberância sóbria, feito em brocado com motivos orientais em tons profundos de verde, azul e magenta, resgatamos uma estética iluminista para Émilie du Châtelet, a "musa de Voltaire", que foi uma cientista proeminente nos campos da Física e Matemática. Desenvolveu um ensaio sobre a ciência do fogo e foi uma das precursoras do estudo sobre radiação infravermelha e a natureza da luz. Neste corset, o deslocamento dos painéis centrais para baixo e dos laterais para cima, destacados em viés magenta, resultam em um decote discreto."


Evita

"Inspirados nos bons ares argentinos, sintetizamos neste modelo o estilo dramático e clássico de Eva Perón, a mais importante primeira-dama argentina e defensora dos direitos femininos, considerada até hoje líder espiritual da nação. Encontramos neste corset em zebeline de seda pura preta recortes geométricos e bojo flutuante com decote quadrado e corpo texturizado. As canaletas em sobreposição na mesma cor do corset proporcionam, ao mesmo tempo, uma versão sóbria e sensual."


Lina (meu favorito ♥)

"Com este modelo, o modernismo e a arquitetura se constroem no corpo, efeito obtido pela sobreposição de painéis com duas colunas que terminam em alças flutuantes, suspendendo o painel central. Este modelo, com forte inspiração na arquitetura moderna, presta homenagem à arquiteta Lina Bo Bardi, famosa por priorizar as pessoas em seu trabalho e aliar essa característica à beleza estética. Dentre várias de suas obras estão a Casa de Vidro (sua residência) e o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp). Este modelo é feito em crepe preto com acabamentos em cetim mostarda e busk banhado a ouro."


Marie

"Este corset em tons metálicos e expressão forte traduz bem a personalidade de Marie Curie, primeira mulher a ser laureada não somente com um, mas dois prêmios Nobel em áreas distintas, um de Física e outro de Química. Seu livro Radioactivité, escrito ao longo de vários anos e publicado postumamente, é um dos primeiros documentos de estudos relacionados à radioatividade clássica. Confeccionado em zebeline de seda pura cinza com viés e canaletas destacados em preto, embora tenha um design mais orgânico, podemos observar a desconstrução do bojo, dividido em duas partes, e rebaixamento do painel central."


Mata Hari

"Baseado no clima noir, este corset de jacquard vinho e padronagem oriental é dedicado a Margaretha Gertruida Zelle. Com design orgânico e leve desalinho dos painéis centrais, destaca-se com canaletas e recortes contrastantes. Dotada de um mistério ímpar e símbolo da ousadia feminina, Margaretha foi uma espiã envolvente durante a Primeira Guerra Mundial. Suas danças exóticas eram usadas como tática para se aproximar de grandes políticos e militares."


E aí, o que acharam da coleção? Já conheciam o trabalho da Sher?
2013 © Todos os direitos reservados - Layout desenvolvido por Alexandre Costa